Pages

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS Feed

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Fast-food depressivo pode abalar a economia nacional

2 comentários:
 

Hey! Eu já imaginava que fosse encontrar algo relacionado à isso um dia.
Um estudo espanhol, publicado nos EUA, mostra que o consumo abusivo de fast-food aumenta em 48% a chance de desenvolver a doença (depressão). 



"Os participantes com um consumo elevado de gorduras trans [gorduras presentes em alimentos industrializados e fast-foods] apresentaram até 48% de aumento no risco de depressão quando comparados com participantes que não consumiam estas gorduras" , disse o chefe das pesquisas.


No início do ano foi publicado que o número de pessoas obesas no Brasil estava aumentando preocupantemente, quase uma epidemia. Logo, teremos mais pessoas depressivas devido à gordura e consequentemente menos trabalhadores qualificados e dispostos.

Coisas assim, como o bom humor, tem um impacto muito maior que o imaginado pela maioria da população brasileira. Pessoas mal humoradas/depressivas, não desenvolvem bem seu trabalho, seja ele qual for. Não é muito dificil ver então, que um país de obesos é um país em decadência.

Muitas campanhas estão sendo iniciadas e outras já em andamento, para o combate à obesidade, mas infelizmente, nem todos estão dispostos a consumir menos gordura para trabalhar mais. Num país como o Brasil, por exemplo, não existe muito incentivo ao trabalho, já que o brasileiro tem uma carga horária muito maior que em outros países e ainda sim precisa pagar mais impostos que em muitas outras nações.

A relação entre bem estar e produtividade (em todos os sentidos) é diretamente proporcional. Quanto melhor você se sente, mais você pode produzir. O país deveria repensar seu sistema de impostos, carga horária, salário mínimo (etc), e pensar um pouco mais sobre o bem estar do brasileiro (saúde, lazer...).

2 comentários:

  1. Pedro H. Guimarães7 de dezembro de 2011 19:34

    A gordura é sensível aos efeitos dos hormônios circulantes do estresse, como o cortisol. Este tipo de gordura responde à presença do cortisol aumentando em tamanho, levando ao acumulo de gordura viceral, elevando o risco de doenças como hipertensão, doenças do coração, derrames e diabetes. Este conjunto de doenças é conhecida como sindrome metabolica levando o individuo a produzir menos e conquentemente se frustrar mais.

    ResponderExcluir
  2. Sempre por dentro do assunto, professor. Obrigado! :B

    ResponderExcluir

Comente sobre o post, mostre sua opinião!

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff