Pages

  • Twitter
  • Facebook
  • RSS Feed

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Vilões, ou heróis da minoria?

 

      Não é tão simples quanto parece dizer quando alguém é bom ou ruim, qual é o seu verdadeiro valor. É também verdadeiro o fato de que há pessoas que estão aqui para ser o ímpio da maioria. Outras vieram para serem anjos. Porém, é perceptível que dentro de cada um existe um sentimento comum: O bem. As pessoas se movem em busca de seu próprio bem, tendo em vista seus próprios ganhos, suas causas pessoais, seja por um bem coletivo ou não, é sempre isso.
    Às vezes sacrificamos alguns pelo bem de outros. Às vezes nos colocamos em primeiro lugar, deixamos o resto para trás. Sempre há uma decisão dificil a tomar: Ser o vilão ou o herói? Seria muito simples escolher ser o herói de uma maioria não é? Mas, às vezes é tão sintético. Simplesmente ser o vilão parece mais benéfico, um valor pessoal impagável. É tão relativo. Alguns podem querer sua morte, enquanto outros te idolatram.
      Uma vez, uma pessoa muito sábia falou: "Se você não tem sombras, então você não está sob a luz". Esta é uma ótima metáfora para este post, e também deve servir para a vida em si. É um instinto tão natural do homem usar o que é ruim para defender o que considera bom, precioso.
    E mesmo que se usem horas de reflexão, talvez ainda não fosse possível achar um solução, uma harmonia sobre isso. Praticamente impossível que a concórdia reine, quando os conceitos são tão diferentes. Sempre haverá vilões e heróis dentro de cada um. Essas dualidades continuarão até o fim dos tempos, assim como o céu e o inferno perduram... Então, você acredita que o bem maior é mais valioso do que o bem individual? - Any thoughts?


Esse foi meu primeiro post aqui no Stay On, espero que gostem. Me sinto uma virgem - abstraiam. Até a próxima.
Love, Kills XX 
Obscene
 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff